filmes
Máquina Mortífera

Pode se dizer que é um dos filmes policiais mais clássicos dos anos 80, pois é marcado com umas das duplas policiais mais bem sucedidas dos anos 80 que dispensam apresentações Mel Gibson e Danny Glover. Gibson já estava consagrado com a trilogia de Mad Max como o personagem Max Rockatansky o patrulheiro da Policia Central, e Danny Glover ainda não tão famoso, mas que se consagraria em 1990 com a seqüência do filme o Predador de 1987.

Máquina Mortífera é o primeiro de quatro filmes que narram a história com continuidade de Roger Murtagh (Glover) e Martin Riggs (Gibson), desde quando os dois se conhecem até quando eles viram uma grande família.

Mas falando deste primeiro filme a história começa em um grande prédio no Natal, onde acontece um suicídio, e longe dali Murtagh se reunia com sua família para comemorar seus 50 anos. Ele está ficando velho e começa a ficar meio preocupado, então recebe uma mensagem de Michael Hunsaker, grande amigo de Murtagh da Guerra do Vietnã, e Murtagh percebe que fazem 12 longos anos que ele não vê o amigo.

Logo ele é chamado para atender uma ocorrência e quando ele chega ao local e ele vê que havia acontecido um suicídio, e Murtagh fica horrorizado ao ver que a pessoa era Amanda Hunsaker filha de seu grande amigo. Longe dali em um trailer no meio do nada se encontra Martin Riggs (Gibson), um policial suicida e louco, pois ele não se conforma com a morte da esposa, em um acidente de carro pouco tempo antes.

Como é de se imaginar um policial com as “qualidades” de Riggs, o tornam um cara com um temperamento explosivo e isso faz com que em uma de suas missões ele persegue e quase mata um dos traficantes em uma perseguição alucinante, seus superiores cansados do seu gênio explosivo e de seu mau comportamento decidem transferi-lo para a unidade de Murtagh, para seu desespero pois ali é onde ambos se conhecem e para Murtagh um policial perto de sua aposentadoria, começava a ver que a mesma estava começando a ficar longe de acontecer.

Voltando ao assassinato de Amanda, em sua autópsia foram encontradas drogas que estavam misturadas com outras substâncias e aí que desperta a questão, com a quantidade de droga em seu corpo ela teria morrido em poucos minutos fazendo disso um homicídio e não um suicídio como todos imaginavam até o momento, seu pai tentou falar com ela muitas vezes mas em vão, e logo ele procura Murtagh que conta a ele sobre o vício com as drogas e pornografia.

Murtagh e Riggs começam a investigar o caso e chegam até um cafetão, onde a ação começa em um laboratório de drogas, eles trocam tiros e matam o cafetão. Murtagh dá o caso como encerrado, mas Riggs encontra provas contundentes que havia uma prostituta chamada Dixie teria alguma ligação com Amanda.

Nesta cena é onde Murtagh salva Riggs pela primeira vez, onde a amizade de ambos começam a criar fortes laços.

Ambos vão à casa de Dixie no dia seguinte mas ambos são recebidos com uma explosão, a da casa que explode assim que eles chegam ao local.

Após a explosão eles resolvem investigar os vestígios que ficaram lá e acham restos de uma bomba feita por um profissional e para piorar eles sabiam que isso foi feito por um ex-soldado da Guerra do Vietnã, só poderia ter sido uma pessoa, alguém que sabia mais sobre a morte de Amanda do que eles próprios.

FICHA

"Máquina Mortífera "
Título original:
"Lethal Wheapon "
EUA, 1987, 110 minutos.

Mel Gibson - Martin Riggs
Danny Glover - Roger Murtaugh
Bill Pullman - Lone Starr
Gary Busey - Mr. Joshua
Mitch Ryan - General Peter McAllister
Tom Atkins - Michael Hunsaker
Darlene Love - Trish Murtaugh
Traci Wolfe - Rianne Murtaugh
Jackie Swanson - Amanda Hunsaker
Damon Hines - Nick Murtaugh
Ebonie Smith - Carrie Murtaugh


Direção: Richard Donner
Produção: Richard Donner e Joel Silver
Roteiro: Shane Black
Música: Eric Clapton e Michael Kamen
Fotografia: Stephen Goldblatt
Direção de Arte: Harold Michelson
Figurino: Mary Malin
Edição: Stuart Baird
Efeitos Especiais: Makeup & Effects Laboratories Inc.

Estúdio: Warner Bros. / Silver Pictures
Distribuidora: Warner Bros.

Genero: Policial

Eles vão atrás de Hunsaker que logo confessa que está envolvido em uma operação de contrabando de heroína “patrocinada” por ex-soldados do Vietnã por isso daquela bomba na casa de Dixie, este “cartel” era chamado de “Shadow Company” e era liderado por um general impiedoso e aposentado da Guerra do Vietnã Peter McAllister (Mitchell Ryan) e seu braço direito o Sr. Joshua (Gary Busey) e a ligação de Hunsaker nesse cartel, ele lavava o dinheiro em seu banco, mas não eram informações claras sobre a operação ambos sabiam disso e precisava de mais informações.

Hunsaker estava com seus dias contados pois a Shadow Company não o deixaria viver por muito tempo após revelar todas essas informações Hunsaker é morto por Joshua que atira nele de um helicóptero.

A partir desse momento Murtagh e Riggs que escapam de Joshua estão mais do que envolvidos, pois seus rostos foram vistos ao lado de Hunsaker, a Shadow Force começa a persegui-los, até que em uma das perseguições, eles acham que conseguem matar Riggs, mas sem sucesso, Riggs se fingiu de morto na tentativa de enganar a Shadow Force para poder investigar com mais calma e como a ação não poderia parar por aí, a filha Rianne (que tem um caso com Riggs para a loucura de Murtagh) é seqüestrada, daí vale assistir para saber se Murtagh e Riggs conseguem salvar Rianne e saber a verdadeira ligação de Amanda com a Shadow Company.

Um ótimo filme policial que de vez em quando ainda passa em alguma Sessão de Sábado na Globo ou na TV a Cabo, vale muito a pena ver pois misturam-se cenas de ação com cenas muito cômicas entre Murtagh e Riggs principalmente nas seqüências posteriores.

Curiosidades

- Máquina Mortífera foi tão bem sucedido que foram feitas mais três seqüências Máquina Mortífera 2 (1989), Máquina Mortífera 3 (1992) e Máquina Mortífera 4 (1998).

- Mel Gibson para pode atuar em Máquina Mortífera teve que aprender 3 artes marciais diferentes jiu-jitsu, capoeira e o jailhouse rock, uma forma de luta dos escravos americanos.

- A Ultima cena do filme que foi feita na chuva onde aparece Mel Gibson durante 5 minutos lutando, foi preciso de 4 noites para filmar.

- O diretor Franco Zefirelli resolveu por convidar Mel Gibson para protagonizar Hamlet após assistir a cena de suicídio em que o ator participa, em Máquina Mortífera.


Roger de Souza

voltar

Favoritos Página Inicial - Recomendar - Cadastre-se para receber a newsletter e participar de sorteios
© Este site 1997-2008 by Projeto Autobahn
Desde 1993, o ponto de encontro dos fãs dos anos 80