Media  |
Fale  |

Filmes
Os Intocáveis

Brian de Palma, um gênio do gênero policial e suspense do mundo do cinema, nos presenteou com o clássico “Os Intocáveis”, de 1987.

O filme é inspirado no seriado de mesmo nome que foi exibido entre 1959 e 1963, que retrata a violenta cidade de Chicago nos anos 30. Com um elenco pra lá de talentoso, tornou-se um dos melhores filme do diretor.

A bandidagem rola em torno do mafioso Al Capone, dono de um mega esquema de vendas de bebidas alcoólicas ilegais, já que a cidade vive a época da Lei Seca.

Kevin Costner dá vida ao destemido Eliot Ness, agente federal que acaba de chegar à cidade, e recebe a missão de combater o crime organizado.

FICHA

"Os Intocáveis"
Título original:
"The Untouchables"
EUA, 1987, 119 minutos.

Elenco:
Kevin Costner
- Eliot Ness
Sean Connery
- Jim Malone
Charles Martin Smith
- Agente Oscar Wallace
Andy Garcia
- Agente George Stone / Giuseppe Petri
Robert De Niro
- Al Capone
Richard Bradford
- Chefe de Polícia Mike Dorsett

Diretor: Brian de Palma
Escrito por: Eliot Ness, Oscar Fraley e David Mamet
Producão: Raymond Hartwick e Art Linson
Música: Ennio Morricone
Fotografia: Stephen H. Burum
Edição: Gerald B. Greenberg e Bill Pankow
Diretor de Arte: William A. Elliott
Cenário: Hal Gausman
Figurino: Marilyn Vance

Distribuidora: Paramount

Gênero: Ação, Drama

Eliot Ness resolve montar uma equipe e recruta os feras Jim Malone (Sean Connery, numa brilhante atuação que lhe rendeu o Oscar de melhor ator coadjuvante); George Stone (Andy Garcia, que consagrou sua carreira após sua atuação) e Oscar Wallace (Charles Martin Smith). A química entre o grupo foi boa, criando um paradoxo de um policial sem experiência, um contador atrapalhado e um tira veterano tentando vencer o imbatível Al Capone (vivido pelo hilário Robert de Niro).

Logo o quarteto tem seu reconhecimento pela imprensa, nomeando-os “Os Intocáveis”, após uma bem sucedida operação policial.

O filme, sem demagogia, tem muita ação, conseguindo nos prender dentro de uma Chicago underground, com muito momentos de tensão e alívio, uma verdadeira obra prima.

A cena mais marcante (e que particularmente a que mais me emociona até hoje!!!), é a sequencia do tiroteio na estação ferroviária, envolvendo Kevin Costner e Andy Garcia, procurando o contador que pode entregar Al Capone. Eliot ajuda uma moça a subir as escadarias com seu carrinho de bebê, quando surgem os capangas do Al Capone para matar a testemunha, começando o tiroteio e o carrinho caindo escada abaixo, sendo salvo pelo George Stone. Essa cena esta elencada entre as 5 mais inesquecíveis do cinema.









Vale a pena ver, ou rever esse trabalho, ainda mais se for amante do cinema, assim como eu. Enjoy it.


Premiações:

- Oscar de melhor ator coadjuvante para Sean Connery em 1988.

- Foi indicado ao Oscar de 1988 nas categorias: Música, Figurino e Cenário.

- Foi indicado ao AWARDS em 1988 na categoria Fotografia para Stephen H. Brum.


Carlos Simões