filmes
Poltergeist - O Fenômeno

 

Algumas cenas ficaram tão marcadas no inconsciente coletivo das pessoas que estas bastam por si só, virando verdadeiros ícones e atravessando gerações de cinéfilos: a bicicleta voando e fazendo sombra na lua no filme ET, o vestido esvoaçante e provocante de Marilyn Monroe e a doce garotinha mantendo contato com seres de outra dimensão através da sua TV em Poltergeist.

Poltergeist - o Fenômeno, foi escrito e produzido por Steven Spielberg e dirigido por Tobe Hooper. Lançado em 1982, ainda teve duas sequências: Poltergeist II - O Outro Lado (1986) e Poltergeist III - O Capítulo Final (1988).

Steven e Diane Freeling (Craig T. Nelson e JoBeth Williams, respectivamente) levam uma vida tranquila juntamente com a filha, a pequena Carol Anne (Heather O'Rourke) quando a garota começa a apresentar comportamentos estranhos. Em seguida, fenômenos inexplicáveis começam a aterrorizar a família: barulhos ensurdecedores, móveis que se movimentam sozinhos, etc.. A menina passa a manter contato com forças sobrenaturais através do seu aparelho de TV.

Durante uma noite de tempestade, Carol Anne atravessa o portal para outra dimensão dentro do armário do seu quarto. Ela desaparece e começa o pesadelo para seus pais: tentar trazê-la de volta. Eles descobrem que a única maneira de manter contato com a garota é usando o mesmo canal fora de sintonia da TV que ela usava. Através dele, conseguem se comunicar com Carol Anne e, com a ajuda de paranormais, mergulhar em um mundo desconhecido para assim, salvar a própria filha, não sem antes, descobrirem os segredos que envolvem sua casa e que são a chave de todo o mistério.

Apesar da história considerada fantasiosa demais para muitos críticos da época, Poltergeist foi um fenômeno de vendas e bilheterias. Talvez pela mistura de drama com efeitos sobrenaturais, ou ainda pela sua simplicidade quase absurda, o fato é que esse filme foi considerado um marco na história dos filmes de terror, tendo sido indicado inclusive para três Oscars: melhores Efeitos Visuais, melhor Trilha Sonora e melhor Som. Os efeitos especiais ficaram por conta dos Estúdios Light & Magic e a sua eletrizante trilha sonora foi produzida por Jerry Goldsmith, o mesmo que compôs a trilha do filme A Profecia alguns anos antes.

Durante as suas gravações, muitos incidentes chamaram a atenção dos produtores. Dominique Dunne, que interpretou a jovem adolescente Dana Freeling, morreu no mesmo ano do lançamento do filme, assassinada por asfixia pelo seu namorado. No final do segundo filme da trilogia, a atriz principal, a garotinha Heather O'Rourke, morre com uma parada cardio-respiratória com apenas 13 anos. Muitos outros acidentes aconteceram, mas nenhum marcou tanto quanto a sua morte prematura e inesperada.

Poltergeist é bastante parecido com um episódio da série de TV americana "Twilight Zone" chamado "Little Girl Lost", que teria inspirado o filme. A produtora nunca confirmou esse fato.




 
FICHA

"Poltergiest - O Fenômeno "
Título original:
"Poltergeist"
EUA, 1982, 115 minutos.

Craig T. Nelson - Steve Freeling
JoBeth Willians - Diane Freeling
Beatrice Straight - Dra. Lesh
Dominique Dunne - Dana Freeling
Olivier Robbins - Robbie Freeling
Heather O'Rourke - Carol Anne Freeling
Michael McManus - Ben Tuthill
Virgínia Kiser - Sra. Tuthill
Martin Casella - Marty
Richard Lawson - Ryan
Zelda Rubinstein - Tangina
Lou Perryman - Pugsley
James Karen - Sr. Teague

Direção: Tobe Hooper
Produção: Frank Marshall e Steven Spielberg
Roteiro: Steven Spielberg, Michael Grais e Mark Victor, baseado em estória de Steven Spielberg
Fotografia: Matthew F. Leonetti
Edição: Michael Kahn
Efeitos Especiais : Industrial Light & Magic
Estúdio: MGM
Distribuição: MGM
GenÍro: Terror

Principais Premios e Indicações

- Recebeu 3 indicações ao Oscar: Melhores Efeitos Sonoros, Melhores Efeitos Especiais e Melhor Trilha Sonora.

Curiosidades:

- Poltergeist - O Fenômeno é bastante parecido com um episódio da série de TV americana "Twilight Zone" chamado "Little Girl Lost", que teria inspirado o filme.

- Apesar dos créditos do filme indicarem que Tobe Hooper é o diretor de Poltergeist, na verdade ele ficou apenas encarregado com o trabalho mecânico de rodas as cenas. A grande maioria das decisões criativas do filme foram de Steven Spielberg, roteirista e um dos produtores de Poltergeist.

- O filme que aparece na TV em uma cena logo no início de Poltergeist é Dois no Céu (1943), mais tarde refilmado pelo próprio Spielberg como Além da Eternidade (1989).

- Um aviso no Holliday Inn diz "Welcome Dr. Fantasy and friends". Dr. Fantasy era o apelido de Frank Marshall, um dos produtores do filme.

- Dominique Dunne, que interpretou a jovem adolescente Dana Freeling em Poltergeist, morreu no mesmo ano do lançamento do filme, asfixiada pelo seu namorado.

- Poltergeist - O Fenômeno gerou ainda duas sequências, chamadas Poltergeist II - O Outro Lado (1986) e Poltergeist III - O Capítulo Final (1988).

 


Sheyla de Campos 

 

voltar