filmes
Robocop




 

PRIME DIRECTIVES
1. SERVE THE PUBLIC TRUST
2. PROTECT THE INNOCENT
3. UPHOLD THE LAW
4. ANY ATTEMPT TO ARREST A SENIOR OCP EMPLOYEE RESULTS IN SHUTDOWN

Alex J. Murphy é um policial da cidade de Detroit. Durante o expediente em um dia até então tranqüilo, o policial persegue uma quadrilha suspeita de assaltar uma agência bancária até uma velha usina. Em desvantagem, o policial é rendido e brutalmente torturado pelos bandidos, que não economizam esforços para maltratar o oficial e parecem até se divertir com a situação.

Oficialmente Murphy está morto, mas entra em cena uma grande empresa chamada OCP (Omni Consumer Products) que aproveita o “resto” do corpo na montagem do seu mais ousado e moderno produto: o robô policial para combate ao crime - Robocop.

As lembranças do cérebro do policial são “deletadas” e no lugar delas são inseridas instruções para o funcionamento do robô. Com o tempo Robocop começa a demonstrar sinais de que as antigas memórias não foram totalmente perdidas, o que lhe causa um pouco de confusão no começo. O superpolicial começa a investigar, descobrir e relembrar quem ele era.

Uma cena marcante que mostra bem o momento em que Robocop recupera sua memória é quando ele visita sua antiga casa (que está vazia e à venda). Entre um cômodo e outro, Robocop começa a pisar mais forte e fica com uma postura mais agressiva. É hora de ir atrás daqueles que tiraram a sua vida e daqueles que lhe impuseram outra!

Legado

FICHA

"Robocop - O Policial do Futuro"
Título original:
"Robocop"
EUA, 1987, 102 minutos.

Peter Weller - Alex Murphy / Robocop
Nancy Allen - Anne Lewis
Ronny Cox - Dick Jones
Kurtwood Smith - Clarence Boddicker
Miguel Ferrer - Bob Morton
Robert DoQui - Sargento Reed
Ray Wise - Leon Nash
Felton Perry - Johnson
Paul McCrane - Emil
Jesse D. Gonis - Joe
Del Zamora - Kaplan
Calvin Jung - Minh
Rick Lieberman - Walker
Michael Gregory - Tenente Hedgecock

Direção: Paul Verhoeven
Produção: Arne Schmidt
Roteiro: Michael Miner e Edward Neumeier
Direcao de Fotografia: Jost Vacano
Edição: Frank J. Urioste
Figurino: Erica Edell Phillips
Música: Basil Poledouris
Direção de arte: Gayle Simon
Estúdio: Orion Pictures
Distribuição: Orion Pictures Corporation
Gênero: Policial

Com o sucesso do filme, Robocop estendeu seus braços biônicos em outras áreas: virou desenho animado, série de TV, série de quadrinhos escrita por Frank Miller (responsável pelo roteiro dos filmes Robocop 2 e Robocop 3) e jogos para diversos videogames e computadores, começando em 1998 pelo ótimo jogo de fliperama. Com alto grau de dificuldade, ótimos gráficos (para a época, claro) e voz sintetizada, o fliperama do filme consumiu muitas fichas e conquistou muitos fãs.

   

Prêmios

- Oscar de Melhores Efeitos Sonoros (1988);
- Prêmio Saturno de Melhor Ator (Peter Weller), Melhor Atriz (Nancy Allen) e Melhor Figurino (1988)
 

Curiosidade

- Na cena da danceteria a música que toca se chama "Show Me Your Spine". A banda que compôs e tocou essa música é um grupo paralelo formado por músicos da banda Ministry.
 

DVD

Em 2000 a Fox Filmes lançou no Brasil o DVD Robocop - O Policial do Futuro - Edição Especial. No disco, além do filme há diversos extras (comentários do diretor, storyboards comentados, cenas excluídas, galerias de fotos e outros itens).

Em 2002 a distribuidora lançou o box Coleção Robocop contendo os 3 filmes lançados no cinema e extras.

Até a data atual (março/2008) o último lançamento foi o Robocop - O Policial do Futuro - Edição Definitiva de 2007. É uma edição comemorativa dos 20 anos do primeiro filme. Além do filme e dos extras, o que chama bastante a atenção nessa edição é a linda arte da capa.

Todos podem ser encontrados nos sites de grandes lojas.

Há fortes rumores de que o Estúdio MGM planeja fazer um novo filme do Robocop. Levando-se em conta os recentes remakes, não é difícil que esse rumor se torne realidade.

Matheus Meneghini


voltar